Gaia (Adoa Coelho)

Gaia é a personificação do antigo poder matriarcal das antigas culturas Indo-Européias. É a Grande Mãe que dá e tira, que nutre e depois devora os próprios filhos após sua morte. É a força elementar que dá sustento e possibilita a ordem do mundo. Nos mitos gregos, os conflitos entre Gaia e as divindades masculinas representam a ascensão do poder patriarcal e da sociedade grega sobre os povos pré-existentes.

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Criar



Criamos para existir?




Ou seremos criados pelas nossas criações?

2 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Na Bíblia,
a Gênese é uma mentira
menos criativa
e aqui
há uma dialéctica que nos afecta

Gostava que Darwin lhe pudesse responder

Gaia Adoa Coelho disse...

A vida é dialética e está sempre a surpreender-nos ainda que achemos que já vimos tudo.
Se Darwin me respondesse fugia com medo! :)