Gaia (Adoa Coelho)

Gaia é a personificação do antigo poder matriarcal das antigas culturas Indo-Européias. É a Grande Mãe que dá e tira, que nutre e depois devora os próprios filhos após sua morte. É a força elementar que dá sustento e possibilita a ordem do mundo. Nos mitos gregos, os conflitos entre Gaia e as divindades masculinas representam a ascensão do poder patriarcal e da sociedade grega sobre os povos pré-existentes.

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Timoneiro

Quando era criança tinha uma máquina fotográfica imaginária e fazia as fotos mais fantásticas que sabia.
Só muito mais tarde pude dar azo ao dedo, mas muito controladamente. A fotografia analógica fica bastante cara. Agora, com as câmaras e a fotografia digital, pode-se fazer todas as fotos possíveis com o mínimo dos recursos. Ninguém me segura!
Recebi uma máquina fotográfica para o meu aniversário e estou a vingar-me do tempo e das fotos perdidas. Penso que agora me perdoarão...




Estou a dedicar-me mais à fotografia e com muito prazer.

Os meus trabalhos podem ser seguidos na página do Olhares.




1 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Nunca é tarde
para se reconstruir a memória de nossos olhares,

olharei o teu