Gaia (Adoa Coelho)

Gaia é a personificação do antigo poder matriarcal das antigas culturas Indo-Européias. É a Grande Mãe que dá e tira, que nutre e depois devora os próprios filhos após sua morte. É a força elementar que dá sustento e possibilita a ordem do mundo. Nos mitos gregos, os conflitos entre Gaia e as divindades masculinas representam a ascensão do poder patriarcal e da sociedade grega sobre os povos pré-existentes.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Catedrais


2 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Pela rubrica percebo que não é um escrito meu... mas bem podia.

Gaia Adoa Coelho disse...

Apenas assino o que escrevo.